All4Wine

Notícias, novidades e fornecedores do mundo do vinho

Notícias, novidades e fornecedores do mundo do vinho

Saiba como foi o encontro com Raffaella Guidi Federzoni, da Fattoria dei Barbi

por Alessandra Rodrigues

No dia 24 de agosto, o blog Siduri Enogastronomia Italiana em colaboração com o All 4 Wine teve o prazer de encontrar com a export manager Raffaella Guidi Federzoni, da Fattoria dei Barbi. A ideia foi conhecer o último lançamento da vinícola no Brasil, o vinho “Senza Solfiti” (Sem Sulfitos) além do famoso Brunello de MontalcinoDOCG,  da safra 2017. O encontro foi promovido pela importadora Interfood, no restaurante Clã, no Leblon.

A família Colombini possui terras em Montalcino desde 1352 e a Fattoria dei Barbi existe desde o final dos anos de 1700. A propriedade tem 350 hectares de campos e vinhedos na Toscana Meridional, em Montalcino, em Scansano e na região dos Chianti. Atualmente, Stefano Cinelli Colombini é o proprietário da Fattoria dei Barbi. Ele segue com a história que liga os Colombini a esta terra há mais de seis séculos, período no qual a família sempre defendeu as tradições e os valores da cultura “montalcinese”.

Stefano Colombini nasceu em 1956, em Firenze, apesar da sua família ser toda de Siena. Filho de Fausto Cinelli e Francesca Colombini, se formou em Advocacia, mas escolheu trabalhar nas “fattorie” de família. E assim, em 1981, já estava entre vinhedos, vinhos, vários hectares de terra que deviam ainda ser semeados, bosques, agriturismo, moinhos, criações de animais, oliveiras, produção de embutidos, de queijos, taverna e muito mais, pois a Fattoria era composta de tudo isso!

Desde 1985 ele cuida das vendas. Os mercados cresceram e chegaram a quarenta países. De 300.000 garrafas, a produção subiu e chega hoje a 700.000.

A produção de Brunello na vinícola iniciou-se em 1892 e a Fattoria dei Barbi foi a primeira a exportá-lo para os Estados Unidos, para a Ásia e para a Europa.

A vinícola possui 300 barris de madeira e milhares de garrafas de Brunello sendo “refinados”. Ela foi pioneira em várias áreas: nos anos 60, começou com a adubação orgânica. Nos anos 90, criou o primeiro “nariz artificial” para análise de vinhos, e nos anos 2000, foi uma das primeiras a usar o CO2 pra fermentar os vinhos tintos a frio (crio maceração).

Atualmente, a produção é de cerca de 800.000 garrafas, das quais, mais de 200.000 de Brunello. A filosofia da família Colombini e da Fattoria dei Barbi é a de conhecer e estudar as tecnologias mais inovadoras e juntá-las à tradição, pra melhorar tudo o que é produzido, sem alterar as características típicas da região.

O primeiro vinho a ser servido, novidade no mercado, foi o “Senza Solfiti“, vinho feito com 100% de uvas Sangiovese colhidas manualmente. O vinho foi vinificado com a mais avançada técnica enológica e é perfeito pra quem são suporta os sulfitos dos vinhos. Esse vinho é produzido seguindo o protocolo para “vinhos sem química adicionada”, da Universidade de Pisa. O projeto de produção desse vinho, começou em 2013. A Fattoria esperou vários anos para ver como estaria o vinho, já que a vinícola não comercializa vinhos, se ele não tiver durabilidade. Devido à Covid, o tempo passou e se chegou à vindima de 2021 e assim, foi lançado o “Senza Solfiti”. Pra produzi-lo todos os cuidados foram tomados: foram usados somente produtos permitidos pelo protocolo e não químicos, o que evitou qualquer tipo de contaminação microbiológica ou fúngica. Foram usadas leveduras selecionadas, pra que não houvesse a formação de SO2. Tudo foi feito em ambiente com CO2, pois o vinho deveria se desenvolver em ausência de oxigênio. Ele foi estabilizado à frio e engarrafado com rolha natural tratada com o método de CO2 supercrítico, que obviamente não prevê o acréscimo de produtos químicos. Não passa em madeira. Somente aço inox, evitando qualquer contato com o oxigênio e saturando os recipientes com argônio. O engarrafamento foi feito em março de 2022. Foram produzidas somente 13.000 garrafas.

Senza Solfiti2021 (100% de uvas Sangiovese, as mesmas de produção dos Brunello): vinho de cor vermelho púrpura brilhante e intenso. Muito fresco no nariz. Aromas de frutas vermelhas, principalmente de cerejas. 14,5% de álcool que não se sentem e com taninos equilibrados. Na boca o sabor frutado é marcante, além de possuir uma agradável acidez. Como teste, o provamos com berinjelas grelhadas, agridoces; polvo grelhado, peixe, torta de batatas, e o vinho se demonstrou muito versátil! Combinou com tudo.

Em seguida passamos pra a degustação do Brunello di Montalcino DOCG Fattoria dei Barbi, 2017 – 100% de uvas Sangiovese (rótulo azul): vinho tinto mais importante da Fattoria, cuja primeira vindima ocorreu em 1892! Os vinhedos são de uvas Sangiovese plantadas de 1975 até 2017. O vinho passa por pequenos e médios barris, por 2 anos, para depois ir pra barris maiores (1000L a 3000L), da Eslavônia. Fica pelo menos 4 meses em garrafa, antes de ir pro mercado.

Vinho vermelho rubi, brilhante e concentrado. Aromas complexos: frutas vermelhas maduras, como o morango, rosa, especiarias adocicadas, como o anis. Na boca, taninos equilibrados, acidez marcante, ótima estrutura. A harmonização foi perfeita com os pratos grelhados que pedimos. Mas é possível harmonizá-lo muito bem com carnes vermelhas, queijos curados e assados.

Para adquirir esses vinhos, basta entrar no site: www.interfood.com.br, importadora de produtos premium e aproveitamos para agradecermos o convite para este papo descontraído.

Alessandra Gomes Rodrigues

“Técnico Esperto della Filiera Vitivinicola” no Instituto Garibaldi, Roma, Itália. Sommelière – Associazione Italiana di Sommeliers – Roma – 2004 – Itália.  Finalista do concurso “Melhor Sommelier do RJ do Sul da França” na ABS em 2013. Atua com cursos, eventos, consultorias e treinamentos sobre vinhos, em restaurantes no Rio de Janeiro. Atividades constantes de sommelière e de intérprete em eventos de vinhos em várias cidades do Brasil. Publicação do artigo “A questão dos agroquímicos na viticultura e na produção de vinhos – uma breve revisão” pela revista Embrapa, n° 28.

E-mail: alessandra_sommelier@hotmail.com
Instagram: @ale.sommelier/@siduri_enogastronomia_italiana
Cel.: +55 (21) 98172-5931
Blog: http://sidurienogastronomiaitaliana.wordpress.com

Utilizamos cookies em nosso site seguindo os Termos Gerais de Uso e Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.