All4Wine

Notícias, novidades e fornecedores do mundo do vinho

Notícias, novidades e fornecedores do mundo do vinho

Saiba como criar uma adega dos sonhos

Adega Comercial Art des Caves – Tangará

De vários estilos e modelos, as adegas se tornaram valiosos itens de decoração. Confira algumas dicas para montar a adega dos seus sonhos e turbinar seu acervo pessoal de bebidas

Ter uma adega própria é o sonho de muitos, em especial dos enófilos, apaixonados por vinhos. Além dos vinhos, outras bebidas podem ser incluídas no acervo pessoal como espumantes, champagnes, whiskies e cervejas especiais. Cada uma delas traz diversidade, mas também revela a individualidade e os gostos de cada pessoa.

Obter a adega própria não é exatamente uma tarefa fácil. Diversos aspectos devem ser levados em consideração, como o espaço ideal, o controle de umidade e temperatura, a luminosidade, além da organização e armazenamento correto dos rótulos. É importante fazer pesquisas e alinhar com as necessidades e preferências de cada pessoa. A opinião de um arquiteto ou de algum profissional qualificado pode facilitar esse processo de escolha e decisão.

Quando alinhada à arquitetura de uma casa ou apartamento, a adega pode se tornar um elemento decorativo de destaque, trazendo sofisticação e requinte ao ambiente. O design da adega também pode ser um fator determinante na influência que ela exerce sobre a arquitetura da casa. A escolha do tipo de adega, o formato, as cores e texturas, bem como a forma como ela se integra ao espaço, podem criar um ambiente mais acolhedor e agradável, deixando a casa mais convidativa e charmosa.

Tipos de adegas
Para começar, é importante destacar os diferentes tipos de adegas disponíveis no mercado atualmente. Achar o formato ideal depende das necessidades, dos objetivos, das preferências e do valor que cada pessoa deseja investir neste sonho.

Adegas de parede
Estas são projetadas, como o nome sugere, para serem instaladas nas paredes. Em geral, são feitas para ocupar pequenos espaços e, por isso, são perfeitas para apartamentos e casas menores. Geralmente feitas em madeira ou vidro, estas adegas trazem um charme único e um aconchego especial. A criatividade não tem limites.

Adegas climatizadas
As adegas climatizadas possuem um design moderno e são perfeitas para inúmeros projetos arquitetônicos. Elas podem ser termoelétricas, onde um dispositivo eletrônico usa corrente elétrica para gerar um gradiente de temperatura dentro do equipamento. Também pode ser com compressor, onde o sistema de refrigeração se assemelha aos refrigeradores convencionais, sendo ideais para colecionadores de vinho que desejam preservar e envelhecer seus rótulos em condições ideais de temperatura e umidade. A depender do tamanho podem comportar de cinco a 50 garrafas, que devem ser armazenadas em temperatura ideal para manter o sabor e a qualidade dos vinhos, em geral deve ser entre 12ºC e 18ºC e umidade entre 60% e 80%.

– Adegas embutidas
A grande vantagem das adegas embutidas é que podem ser personalizadas de acordo com as preferências e as necessidades do proprietário. O tamanho, a capacidade de armazenamento, as prateleiras e até a iluminação podem ser planejadas. Podem ser construídas embaixo de uma escada, em uma parede vazia na sala de estar ou no interior de um móvel, para aqueles que não querem ocupar espaço visualmente ou chamar atenção. A desvantagem desse tipo de adega é que o processo de instalação é mais complexo e pode ser mais caro. Mas os resultados sempre valem a pena.

Dicas de bebidas
Depois da tarefa de escolher a adega ideal para o lar, vem a melhor parte que é a escolha dos rótulos que serão armazenados nela. O sommelier e especialista em vinhos do site do Super Adega DF, Rodrigo Rio Preto, pode orientar a ter as bebidas imperdíveis para fazer parte do seu acervo e começar a sua adega particular da melhor maneira.

 

Divulgação: Agência Mentha

Utilizamos cookies em nosso site seguindo os Termos Gerais de Uso e Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.