All4Wine

Notícias, novidades e fornecedores do mundo do vinho

Notícias, novidades e fornecedores do mundo do vinho

Primeiro Vinho totalmente criado pela Inteligência Artificial

por Alessandra G. Rodrigues
Foto: Divulgação

Um vinho elaborado totalmente com técnicas de Inteligência Artificial, por pesquisadores da Universidade Europeia Miguel de Cervantes (UEMC) de Valladolid, foi apresentado e degustado, no dia 18 de novembro, no Posto de Turismo Acera de Recoletos, durante a Semana de Ciência 2023, de Castilla y León.

Se trata do projeto “AIwine”, desenvolvido em conjunto pela UEMC e pela Bodega Cooperativa de Cigales, que uniram suas forças  para explorar novas possibilidades na indústria do vinho, aproveitando as capacidades da Inteligência Artificial (IA). Através da aplicação de tecnologias inovadoras, fizeram um vinho rosé com características únicas.

A iniciativa incluiu desde as análise das tendências de mercado até o desenho conceitual do produto; as características técnicas, a imagem e os rótulos dos vinhos. Graças à aplicação da IA, foi possível acelerar consideravelmente o  processo de inovação, obtendo excelentes resultados em pouco tempo.

Desta forma, os participantes puderam conhecer o processo de criação do vinho com base em parâmetros determinados pelos pesquisadores da UEMC: perfil ideal do consumidor, aparência, sabor, apresentação, etc., tratados com ferramentas de Inteligência Artificial. E participaram de uma degustação dirigida, que tinha como objetivo identificá-lo e compará-lo com outros vinhos, os vinhos elaborados de forma tradicional.


Processo integrado com a IA

Os pesquisadores analisaram as preferências dos consumidores através da realização de uma enquete online, com mais de 100 consumidores de vinho rosé: para conhecer os seus gostos, hábitos e expectativas. Com os resultados obtidos, conseguiram informações sobre o sexo, a idade, o consumo anual, a mudança de consumo, os períodos de consumo, a importância da cor, a preferência pelo vinho rosé, a faixa de preço, alguns conceitos associados à isso tudo e o estilo de rotulagem e embalagem preferido pelos entrevistados. A partir dos dados da enquete, o mercado foi segmentado em dois grupos: os que preferem um vinho rosé rosa claro, pálido, e os que preferem um vinho rosé mais escuro, tendente à cor de morango. Para cada grupo foi criado um perfil fictício, que representa o consumidor ideal. Isto permitiu personalizar o sabor e a cor do vinho de acordo com cada gosto, a partir da ajuda da IA. E foi formulado o vinho rosé que melhor se adaptava a essas preferências.

Foto: Divulgação

Para isso, utilizando amostras de vinhos da Vinícola Cooperativa Cigales e com um algoritmo de otimização, foram encontradas as proporções otimais para misturar as diferentes amostras e obter a quantidade de álcool, o açúcar residual, a acidez total, a ácidez volátil, o pH e os teores de dióxido de enxofre livre e total, que se queria para o vinho rosé. A cor do vinho também foi ajustada, para ficar o mais semelhante possível àquela desejada.Finalmente, e para dar um toque pessoal e original para o vinho rosé, foi criado um rótulo único, também através da inteligencia artificial.

O Futuro da Enologia

Este vinho, feito através da inteligência artificial, é só o início do que poderia ser uma revolução na indústria do vinho. A capacidade da IA para analisar e aprender, com grande quantidade de dados, pode permitir a criação de vinhos personalisados, adaptados aos gostos individuais de cada consumidor. Além disso, a IA pode ajudar os produtores de vinho, a otimizar seus processos de produção, desde a seleção das uvas, até o engarrafamento do vinho – o que poderia resultar em vinhos de maior qualidade e mais sustentáveis.

E você? O que acha de um vinho feito através da inteligencia artificial? Você acha que a tecnologia pode mudar a forma de degustar os vinhos? Espero seu comentário!

Fontes e fotos: Il Sommelier Magazine, Cantine Rossella, Vinos y Caminos.com, Globai Club

Alessandra Gomes Rodrigues

“Técnico Esperto della Filiera Vitivinicola” no Instituto Garibaldi, Roma, Itália. Sommelière – Associazione Italiana di Sommeliers – Roma – 2004 – Itália.  Finalista do concurso “Melhor Sommelier do RJ do Sul da França” na ABS em 2013. Atua com cursos, eventos, consultorias e treinamentos sobre vinhos, em restaurantes no Rio de Janeiro. Atividades constantes de sommelière e de intérprete em eventos de vinhos em várias cidades do Brasil. Publicação do artigo “A questão dos agroquímicos na viticultura e na produção de vinhos – uma breve revisão” pela revista Embrapa, n° 28.

E-mail: alessandra_sommelier@hotmail.com
Instagram: @ale.sommelier/@siduri_enogastronomia_italiana
Cel.: +55 (21) 98172-5931
Blog: http://sidurienogastronomiaitaliana.wordpress.com

Utilizamos cookies em nosso site seguindo os Termos Gerais de Uso e Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.