All4Wine

Notícias, novidades e fornecedores do mundo do vinho

Notícias, novidades e fornecedores do mundo do vinho

Perrier-Jouët Blanc des Blancs ganha edição limitada e instalação no Miami Design Center

Edição Limitada de Perrier-Jouët Blanc des Blancs – Foto: Divulgação

Novidade da Maison deve chegar ao Brasil no ano que vem

Maison Perrier-Jouët convidou a artista plástica Garance Valée para reinterpretar o emblemático rótulo do champagne Blanc de Blancs, lançado agora em edição limitada para colecionadores de arte. O resultado é uma criação que evoca a icônica anêmona Perrier-Jouët. Inspirada na matéria animal, vegetal e mineral, que coexistem em simbiose nas vinhas de Champagne, a artista concebe nova embalagem e desenho do rótulo que refletem a harmonia entre esses 3 pilares da natureza, destacando o papel que cada um desempenha no equilíbrio do ecossistema da região de Champagne. A criação reproduz a linguagem universal inclinada para a abstração e presta homenagem à herança Art Nouveau da Maison Perrier-Jouët. O Brasil deve receber esta novidade em 2023.

Reflexo da visão da artista sobre a natureza, esta composição de formas orgânicas demonstra a continuidade das formas de vida que constituem um todo único, disposto em uma gradação da terra ao céu. A artista criou também a instalação Planted Air para oferecer uma reinterpretação do ecossistema do vinhedo de Champagne. Ali o visitante é convidado a percorrer um caminho por entre as vinhas. No microcosmo imaginado pela artista, cada videira é uma escultura que aparece firmemente enraizada no terroir. Representadas por formas orgânicas que criam uma linguagem universal, vida vegetal, animal e mineral tornam-se uma só – uma única natureza na qual se unem em simbiose, sem hierarquia. (em cartaz no Miami Desing Center)

Uma casta de assinatura

A cepa Chardonnay marca o estilo floral e delicado pelo qual este cuvée é famoso. O caráter deste único varietal  Blanc de Blancs simboliza essa experiência única. O champagne complementa a coleção clássica da Maison e expressa seu conhecimento em revelar o caráter único da Chardonnay, com este rótulo feito 100% com essa variedade. O cuvée perpetua uma tradição que remonta há mais de cem anos: a Maison apresentou o seu primeiro Champagne  feito totalmente com a casta Chardonnay na década de 20,  muito antes de o estilo ficar conhecido como “Blanc de Blancs”. De cor ouro pálido com reflexos esverdeados, apresenta aromas de peônia e madressilva, cítricos como limão, pêra branca e notas de amêndoa fresca, gengibre e pimenta branca. No paladar, o frescor mineral permanece em um acabamento suave e macio.

 

Garance Vallee – Integração de elementos da natureza com o terroir da Maison Perrier-Jouët – Foto: divulgação

Sobre a artista

Garance Vallée é um artista, arquiteta e designer baseada em Paris que examina o lugar do ser humano em relação ao  seu ambiente e como ele pode se reconciliar com a natureza. Ela rompe com as restrições da concepção arquitetônica para imaginar um universo multidimensional e descompartimentado. Da pintura ao desenho, da escultura à arquitetura e à instalação, suas obras orgânicas evoluem naturalmente, testemunhando a importância que atribui à experimentação e à vivência do corpo no espaço. Para ela, “O ser humano é inerente à natureza e vice-versa”.

Sobre a Maison Perrier-Jouët
Fundada em 1811 em Epernay, a Maison Perrier-Jouët é uma das casas de Champagne mais históricas e lendárias da França, e uma das mais distintas também. É reconhecida por seus champagnes elegantes e complexos, que revelam a verdadeira essência da cepa Chardonnay, e por sua tradição duradoura de savoir-faire, que se traduz em uma experiência incomparável de apenas 8 Cellar Masters desde a sua fundação.

É uma Maison singular, com espírito familiar e profundamente influenciada pelo amor de seus fundadores pela natureza e pela arte – duas inspirações que se fazem presentes na história da marca e que permitem criar experiências excepcionais no cotidiano de quem ama este belo champagne e o Art de Vivre francês.

Desde sua famosa colaboração em 1902 com Emile Gallé, pioneiro do movimento Art Nouveau e criador do design das famosas anêmonas para seu cuvée de prestígio Perrier-Jouët Belle Epoque, a Perrier-Jouët encomendou trabalhos de artistas consagrados e emergentes como Daniel Arsham, Noé Duchaufour-Lawrance, Mighel Chevalier, Makoto Azuma, Tord Boontje, Studio Glither e Simon Heidjens, e o brasileiro Vik Muniz, entre outros, para ilustrar suas belas garrafas.

Divulgação: Lucia Paes de Barros Assessoria de Comunicação

Utilizamos cookies em nosso site seguindo os Termos Gerais de Uso e Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.