All4Wine

Notícias, novidades e fornecedores do mundo do vinho

Notícias, novidades e fornecedores do mundo do vinho

Pesquisar
Close this search box.

O Melhor Vinho Rosé do Mundo é… Italiano!

por Alessandra G. Rodrigues


O site de monitoramento e comparação de preços dos vinhos no mundo inteiro, o Wine Searcher, todo ano faz a classificação “The World’s Best Rosés” (Os Melhores Rosés do Mundo), assinada por Nat Sellers. Pro ano de 2023, o primeiro lugar, dos 10 escolhidos, foi pra um vinho italiano. Não é um vinho rosé tranquilo, como os outros classificados, mas um método clássico!!

A França continua produzindo 35% dos vinhos rosés do mundo e a Itália, 9%. Mas o vencedor, foi italiano!!

A medalha de ouro foi para o vinho Trentodoc Maso Martis Rosé Extra Brut, método clássico, feito com as uvas Pinot nero, da  já dita, Maso Martis –  vinícola trentina, da família Stelzer (Antonio, Roberta e as filhas Alessandra e Maddalena), uma das mais importantes da área de espumantes, na Itália. Apesar da pequena produção – somente 10 hectares de vinhedos orgânicos e 90 mil garrafas por ano – conseguiu em poucos anos subir pras “top” dos espumantes italianos.

Esse rosé venceu inclusive o rosé do Brad Pitt!! O campeão do mundo, do Trentino Alto Adige, superou os grandes nomes do mundo do vinho, como o Château d’Esclans e o Château Miraval (do Brad Pitt) !!!

Quem acompanha as notícias do mundo do vinho envolvendo pessoas famosas, sabe a que me refiro. Pra quem não acompanha, vou explicar:

O Château Miraval, está em um drama legal que dura quase dois anos e envolve o Brad Pitt e sua ex esposa, Angelina Jolie. Esse Château, possui um vinhedo na Provence (o Brangelina), que foi comprado em 2008, por 28 milhões de dólares, quando Brad e Angelina ainda estavam juntos. Hoje ele está no centro de uma disputa de separação, cheia de brigas e discussões de todos os tipos. Mas o que interessa é que o rosé que o vinhedo produz, como vocês devem ter intuído, ficou muito atrás do primeiro classificado!

 

A propósito da medalha de ouro italianíssima, o rosé Extra Brut da Maso Martis, possui notas florais que lembram o perfume de frutos do bosque, de brioches em fermentação, de frutas vermelhas e também de especiarias, além de ter um pérlage delicado. Ele conquistou 92 pontos no total, dados por uma comissão de 11 juízes internacionais.

A Wine Enthusiast o definiu como “um espumante seco, delicioso!”

Mas, tenho que dizer que o rosé Maso Martis não foi o único vinho italiano na lista dos 10 melhores vinhos rosés dos mundo! Na nona posição, temos o Rosato Terre Siciliane IGT, produzido pela Lamoresca, vinícola orgânica desde os anos 2000!

Entre os top 10 da Wine Searcher, estão quatro vinhos espanhóis, três franceses, dois italianos e um australiano.

O segundo lugar ficou com a Espanha: Bodegas Antídoto – “Le Rose” (uvas Tinto Fino ou Tempranillo e Albillo), da Ribera del Duero. O terceiro lugar foi pra Côtes de Provence: Château d’Esclans – “Les Clans Rosé”, e que é uma das vinícolas símbolo dos vinhos rosés da LVMH. Em quarto e quinto lugares estão o Côtes de Provence Rosé Muse, da Miraval (do famoso e já citado Brad Pitt) e uma produção do Château Roubine, o Côtes de Provence Cru Classé – “Lion ed Dragon” Rosé. Em sétimo lugar volta a Espanha, com o “Colección 125 Rosado” produzido pela Chivite e  o “Dido, la Solución Rosa”, da Venus La Universal.

 

O único vinho não europeu foi o australiano “Crudo”, de Luke Lambert. Na nona posição volta a Itália, com o Rosato Terre Siciliane IGT, produzido pela Lamoresca, vinícola orgânica de Filippo Rizzo, que possui 25 hectares (além de uva e azeitonas, eles produzem figos, também). O rosé deles é um “blend” de Nero d’Avola, Frappato e um pequeno percentual de Moscato. E fechando a lista dos top 10, está o espanhol “Suane”, da Rioja – um rosé Reserva, produzido pela Alonso & Pedrajo.


Resumindo:

  1. Maso Martis Rosé Extra Brut Trentodoc, Trentino-Alto Adige, Itália, pontos 92/100, $ 33
  2. Le Rose, das Bodegas Antídoto Ribera del Duero, Espanha, pontos 92/100, $ 56
  3. Les Clans Rose, do Château d’Esclans, Côtes de Provence, França, pontos 91/100, $ 71
  4. Muse de Miraval, Côtes de Provence Rosé do Château Miraval, França, pontos 92/100, $ 124
  5. Côtes de Provence Cru Classe Lion et Dragon Rose, do Château Roubine, França, pontos 92/100, $ 26
  6. Colección 125 Rosado, da  Chivite, Navarra, Espanha, pontos 91/100, $ 25
  7. Dido La Solución Rosa Rosat, da Venus La Universal, Montsant, Espanha, pontos 91/100, $ 23
  8. Crudo Rosé, da LuKe Lambert, Yarra Valley, Austrália, pontos 93/100, $ 18
  9. Lamoresca Rosato, da Lamoresca, Sicilia, Itália, pontos 93/100, $ 30
  10. Suane Rosado Reserva, da Alonso & Pedrajo, Rioja DOC, Espanha, pontos 93/100, $ 29

P.S.: Preços na Itália

Fotos e fontes: Dissapore, Ansa, Wine News, Virgilio, Inside Wine, La Razón, Wine Confidential, Today, Bodegas Antidoto, Lamoresca, Cucchiaio d’Argento .

Alessandra Gomes Rodrigues

“Técnico Esperto della Filiera Vitivinicola” no Instituto Garibaldi, Roma, Itália. Sommelière – Associazione Italiana di Sommeliers – Roma – 2004 – Itália.  Finalista do concurso “Melhor Sommelier do RJ do Sul da França” na ABS em 2013. Atua com cursos, eventos, consultorias e treinamentos sobre vinhos, em restaurantes no Rio de Janeiro. Atividades constantes de sommelière e de intérprete em eventos de vinhos em várias cidades do Brasil. Publicação do artigo “A questão dos agroquímicos na viticultura e na produção de vinhos – uma breve revisão” pela revista Embrapa, n° 28.

E-mail: alessandra_sommelier@hotmail.com
Instagram: @ale.sommelier/@siduri_enogastronomia_italiana
Cel.: +55 (21) 98172-5931
Blog: http://sidurienogastronomiaitaliana.wordpress.com

Utilizamos cookies em nosso site seguindo os Termos Gerais de Uso e Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.