All4Wine

Notícias, novidades e fornecedores do mundo do vinho

Notícias, novidades e fornecedores do mundo do vinho

Cervejaria mineira lança sua primeira cerveja com a Inteligência Artificial

Prussia Bier:Divulgação

A Cervejaria Prussia, mineira, lançou dia 07 de março sua primeira cerveja feita com a ajuda da Inteligência Artificial. Um tema que está sendo muito discutido na atualidade e pela primeira vez o ChatGPT será usado na produção de uma cerveja comercial brasileira.

“Foi uma experiência incrível e inédita. Buscamos a inteligência do robô para criar uma receita de cerveja e além disso, usamos outra IA, o Midjourney,  para criar o rótulo dessa cerveja. E o resultado foi fantástico. Em breve estará disponível em nosso e-commerce para ser degustada”, fala Fernando, sócio da cervejaria.

A cerveja criada é uma Black IPA. Uma cerveja de cor escura, espuma esbranquiçada e cremosa. Esta Black IPA desenvolvida por inteligência artificial é uma cerveja bem equilibrada com um forte sabor e aroma de lúpulo, enquanto apresenta um baixo caráter de malte torrado, contrariando o sentido visual. É uma cerveja cremosa de amargor moderado que a tornará uma cerveja refrescante e satisfatória para beber! O teor alcoólico é 6,5%.

O processo foi todo acompanhado por nosso mestre cervejeiro, porque precisou sofrer adaptações. “A criação de uma receita de cerveja precisa levar em consideração também os equipamentos que estão disponíveis na cervejaria e qual é o resultado que consegue gerar em cada etapa do processo. Alguns ajustes tiveram que ser feitos, como adequar a proporção de grãos de malte e lúpulo, por exemplo, para os parâmetros do equipamento que temos na fábrica. O ChatGPT funciona muito bem para criar os parâmetros básicos da receita, como ABV, IBU, extrato final, escolhas de maltes etc. Ele consegue acatar sugestões e sugere melhorias pra receita dependendo da demanda de quem opera o sistema. Por exemplo, “gostaria de uma cerveja com menos sabor de malte torrado”, quando fizemos isso, ele sugeriu uma troca de maltes para a nossa Black IPA, de forma que ela deixaria de ser uma cerveja preta e se tornar uma cerveja acobreada, ajuste que tivemos que fazer na fábrica”, explicam Maycon e Sildênio, cervejeiros.

A experiência mostrou que apesar da IA ajudar na elaboração da receita, a presença efetiva no mestre cervejeiro é imprescindível para a produção final, pois, em vários momentos precisou da adequação do profissional.

Você pode conhecer melhor o projeto acessando o link https://lp.prussiabier.com.br/ia-black-ipa.

 

Utilizamos cookies em nosso site seguindo os Termos Gerais de Uso e Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.